Ideias que não tenho aonde publicar + servidor de imagem que é liberado na sua empresa = Ritalinando.

Congresso americano convoca a Sony que dá de ombros

A Sony se nega a prestar depoimento no congresso dos EUA sobre ataque hacker à PSN

Convocada para depor para o senado norte-americano para prestar esclarecimentos sobre os ataques à PlayStation Network, a Sony se recusou a comparecer. O motivo, segundo o site Kotaku, foi que a empresa ainda estava investigando o que aconteceu.

A congressista Mary Bono Mack disse ao blog que “a Sony rejeitou comparecer pois ainda estava investigando o que aconteceu”. Entretanto, a empresa não está negando prestar esclarecimentos, na verdade a empresa está colaborando na medida do possível, disse Mack.

A senadora revelou que enviou uma carta endereçada para Kaz Hirai pedindo informações dos ataques que aconteceram nos dias 17 e 19 de abril desse ano e obteve resposta no dia 29, alguns dias antes da declaração oficial da Sony à imprensa. O comitê de comércio, fabricação e negócios do senado norte-americano também enviou questões para a empresa e aguarda esclarecimentos da empresa.

Procurado pelo site, Patrick Seybold, representante da Sony, disse que a empresa está cooperando com o senado “A Sony está cooperando com o pedido de resposta do Senado e, de fato, vai entrega-las antes mesmo do término do prazo legal.” Seybold conclui dizendo “Informamos ao comitê que a Sony não pôde comparecer porque ainda estava fazendo investigações sobre este ataque”.

Queda no PSN e vazamento de dados

O PlayStation Network está com seus serviços offline em todo o mundo desde o dia 21 de abril, o que impossibilita que os jogadores utilizem os modos online de seus games, além de não conseguirem rodar games que usam autenticação online, casos de “Bionic Commando Rearmed 2” e “Final Fight: Double Impact”. Outros problemas incluem também a falha na sincronização de troféus e acesso a loja PlayStation Store.

Depois de muita especulação sobre o vazamento de dados dos cartões de crédito dos usuários da PlayStation Network terem vazado ou não, Kaz Hirai, presidente da Sony Computer Entertainment Inc, declarou que 10 milhões de contas da rede tinham dados de cartões de crédito e que, mesmo não havendo provas, estes dados podem ter caído nas mãos de cibercriminosos.

A empresa prometeu que a rede vai voltar em funcionamento ainda nesta semana e que vai conceder a todos os usuários 1 mês de acesso à PlayStation Plus.

[img]http://4.bp.blogspot.com/-e9n3Z8b6U0E/TaI6GjX3z8I/AAAAAAAAAog/KlfeqM2YcsM/s1600/beaker-oh-shit.jpg[/img]

http://click.uol.com.br/?rf=home-horizontalC-chamadasB1&u=http://jogos.uol.com.br/ultnot/multi/2011/05/03/sony-nao-presta-depoimento-ao-senado.jhtm

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s