Ideias que não tenho aonde publicar + servidor de imagem que é liberado na sua empresa = Ritalinando.

  • MissQüi

Latest

São Paulo para Visitantes – Mini Guia 4 dias

São Paulo não se resume apenas a compras …
Todos que pra capital paulista vem, querem logo correr para a rua 25 de Março/Sta Ifigênia.
Sim, não nego que é bacana se jogar nas compras ilícitas de bugigangas e eletrônicos chineses,
mas São Paulo é muito mais que toda essa muvuca de gente.

Aqui, posto um mini roteiro com atrações interligadas e que em menos de 4 dias podes cumprir e se divertir.

Obs: gastando pouco!!!

:!: Quarta-Feira:

Pinacoteca do Estado de São Paulo

Um prédio que fez parte da Revolução de 32 e hoje abriga uma interessante coleção de arte.
Além das obras – pintura, escultura, montagens e temporárias – a arquitetura do prédio e a convidativa cafeteria é uma forma de começar com o pé direito.
TEMPO Médio da Visita: 2:20h (almoce na cafeteria) 10h as 12:20h

Museu da Língua Portuguesa

Ao lado da Pinacoteca do Estado está localizado este impressionante museu.
Esqueça qualquer conceito que vc tenha sobre museus. Este aqui não tem nada haver com qualquer outro. É um espaço completamente interativo e imersivo, levando o visitante ao centro do nosso idioma, sem que achemos a coisa chata ou massante. Totalmente multimídia, foi planejado pra surpreender e ensinar.
Não deixe de visitar o último andar e assistir a apresentação do planetário de letras. E se possível vá quando houver alguma exposição especial.

TEMPO Médio da Visita: 2:00h —- 12:20h as 14:20h

Museu do Futebol

Instalado embaixo das arquibancadas do estádio do Pacaembu, este museu é tão surpreendente e bacana como o da Língua Portuguesa; com a mesma pegada multimídia, o visitante já é envolvido na sua chegada, quando recebe uma calorosa torcida, numa arquibancada lhe aguardando.
Com a história do futebol e da nossa seleção, este museu é uma obra prima (!).
Perca uns minutos escutando narrações celebres nas cabines equipadas com fones de ouvido.

TEMPO Médio da Visita: 2:20h (ao final tome um chopp na lanchonete da saída acompanhado pelo por do sol paulistano) 15:00h as 17:20h

ATENÇÃO: ÓBVIO QUE É POSSÍVEL PASSAR UM DIA EM QUALQUER UM DESTES MUSEUS, MAS AQUI É UM ROTEIRO RÁPIDO.

:!:Quinta – Feira

Liberdade

Um “pedacinho do Japão” em São Paulo … bem … já foi, agora tá mais pra um “pedacinho coreano/chines/ boliviano” … enfim … quem vem pra visitar não precisa se apegar a isso, pois de qualquer forma é um bairro muito especial e que guarda aquele charme que não encontramos em outro lugar do Brasil.
Com comidas típicas e comprinhas interessante (xinguilingue, perfumaria e “coisas japonesas”) a Liberdade é um bom começo de sexta-feira!

Tempo médio: 4h – almoce na Liberdade – 10h as 14h

Galeria do Rock

O edifício que abriga hoje a Galeria do Rock foi construído em 1962 e foi idealizado como um centro de compras finas pra sociedade paulistana da época, batizado de Shopping Center Grandes Galerias, hoje abriga um conglomerado de tripos e tipos bem específicos e que parecem se reproduzirem naquele local.
Se você curte Rock, Tatuagens, Punk, Gótico ou simplesmente tem um espirito aventureiro hard-core, não deixe de conhecer … agora, se como eu teu perfil é de um nerd que vai parecer perdido naquele meio, vá mesmo assim é legal.

Tempo médio: 3h – Compre um LP (disco) – 14:30 as 17:30h

:!:Sexta-Feira

Livraria Cultura

Localizada no Conjunto Nacional – Avenida Paulista, esta livraria é um patrimônio da cidade de São Paulo.
Tudo o que você pensar em termos de livros, mídias e afins, a Livraria Cultura tem!
E tudo pode ser lido e ouvido ali mesmo.
Um local extremamente aconchegante que transporta o visitante pra um outro planeta que não a caótica São Paulo deixada lá fora.

Tempo Médio: 2h – ache um bom livro e folhei-o sentado em uma confortável poltrona – 11h as 13hs

ALMOCE NA PAULISTA, EM QUALQUER LUGAR QUE VOCÊ POSSA VER A AVENIDA.
Tempo Médio: 50min.

MASP – Museu de Arte de São Paulo

MASP, óbvio, afinal é o MASP e além do mais, você já está na Paulista mesmo ….
Brincadeiras a parte, o Museu de Arte de São Paulo, é o melhor e mais rico acervo de arte abaixo da linha do equador. Com obras dos mais renomados artistas de todo o mundo, o que se vê no MASP é único e inimaginável ao vivo. Pinturas famosas que ao vivo são enoooooooormes e esculturas conhecidas que ao vivo são pequeninas, inacreditável.
Pensar que nem um terço dos paulistanos conhecem o acervo do museu, não é de se espantar que a grande maioria apenas o “veja” por nome e pela pela arquitetura. Arquitetura esta que tem uma história muito singular, foi construído em terreno no qual o antigo proprietário havia cedido-o a obra, desde que qualquer construção que ali fosse erguida não “tiraria” a vista da serra da cantareira. A solução para a condição foi a edificação de um prédio com um vão livre de 70 metros de altura, sustentados em 4 mega pilares.

Tempo médio: 3:10h – ao sair do museu, dirija-se ao vão livre e sente na mureta do mirante – 14h as 17h

Rua Augusta

Agora sim você vai ver o que é paulistano; e de tudo e quanto é tipo. Engravatados, secretárias, nerds, gays, bêbados, putas, jovens, revoltados, intelectuais, jovens, adultos, idosos, tiozinhos, tiazonas e etc.

A Rua Augusta é a Fauna e Flora da Capital, ainda mais a partir das cinco da tarde; o sobe e desce de gente indo e vindo é São Paulo. Procure um bar/cafeteria e aguarde o cair da tarde, ao escurecer, dê um rolê e você vai ver.

Tempo médio: Infinito, daí vai de você.

:!: Sábado

Vá lá … você já está cansado das andanças e não é justo acordar cedo num sábado.
Faz assim, acorda e vai tomar um café da manhã beeeeem reforçado numa boa padaria, São Paulo tem padarias boas aos montes.

Á partir das 11h acontece a feira de antiguidades da Praça Benedito Calixto

Como eu sou nostálgica, geek e super curiosa, adoro esta feirinha e o local é bem aconchegante.
Localizada no largo de Pinheiros, oferece barracas de compra, venda e troca de antiguidades e objetos descolados. A praça e rodeada por bons restaurantes e alguns bares, cafés e galerias. No meio da praça tem uma praça de alimentação da feira; embalados por chorinho da melhor qualidade, podemos nos deliciar com caldinho de feijão, acarajé, pastel, orgânicos e doces típicos.

Tempo: da manhã pra tarde, até o cair da noite – coma a ambrosia, sem mais.

Claro que tem 25 de Março e Santa Efigênia, mas faz assim, vai nelas na terça-feira, uma é do lado da outra. Na 25 de Março vá aos Armarinhos Fernando (os 2) e suba até o último andar do Shopping 25 de Março e na Santa Ifigênia, entre na igreja e surpreenda-se com a obra de arte que é a paroquia, ah … observe na fachada da igreja marcas de tiro que são legado da revolução de 32.

@ritalinando

NES BLACK CLÁSSICOS – 1 – Ice Climber, Balloon Fight, Battle City e Mach Rider

4Casual Nes

 

Sabe aqueles jogos que são atemporais – Pac Man, Space Invaders, Enduro.. – pois bem, hoje em dia eles são chamados de Clássicos.

O NES (Famicom no Japão), é um celeiro de jogos clássicos, games simplesmente viciantes e atemporais.

Hoje começa a 1ª parte da série NES BLACK CLÁSSICOS. Aqueles jogos que nasceram praticamente junto com o 8bits da Nintendo, datados ente 1984 e 1987 , tinham por características comum a simplicidade, opção para dois jogadores e na versão americana (NES) uma capa (BOX) padrão.

Em tempos de jogos casuais, muitos destes jogos podem ser classificados como casuais, bons de serem levados no bolso, para ser jogados em viagens, filas, consultório e por ai vai … aonde não há nada pra se fazer e tem que se esperar, experimente jogar Balloon Figth ao invés de Angry Birds Star Wars!

Enjoy:

 

 

Ballon Fight

Mach Rider

Battle City

Ice Climber

Image

Pode Invadir – Marta Medeiros

Pode Invadir

Battle Storm – Os atores mais famosos de 1991 em um único Game

Battle Storm Houve uma época que utilizar atores de filme de ação e ficção em games era ingrediente para um possível sucesso. Mesmo sem autorização dos mesmo, os jogos tinham personagens criados a “imagem e semelhança” de celebridades como Sigourney Weaver – e não estamos falando de Alien – Bruce Lee, Stalonne, entre outros.

Uma publisher ( Yonezawa PR21foi além, e colocou num único jogo, cinco dos mais populares atores de Hollywood em 1991.

Battle Storm é o nome do jogo, e você pode jogar com nada mais nada menos que Silvester Stallone, ou Chuck Norris, ou Eddie Murphy, ou Bruce Lee (mesmo morto) ou  Arnold Schwarzenegger (e contra eles também). Praticamente um prenúncio do que mais tarde seria o filme Mercenários. 

Ambientado na 3ª Guerra Mundial, o game é  um similador de batalha onde é possível montar estratégias de comate utilizando tanques, aviões, bases militares e afins. Um game de estratégia, montado “peça a  peça” e sem combate direto como Guerrilla War ou SCAT: Special Cybernetic Attack Team; a ação é estática e o ator/herói escolhido figura  no menu de seleção e na ação do game.

Bem, sobre o game, nada especial, nem tão pouco divertido. Mais vale pela curiosidade e pela cultura pop dos anos 90. Videogame é cultura, uai!

Sebo do Pedro – Rua Álvares Machado, 44 – Liberdade – SP/SP

<a href=”http://www.guiaderuas.com.br/?lat=-23.5529097&lng=-46.6352393&zoom=15″></a&gt;

sebo

Rua Álvares Machado, 44 – Sé, São Paulo, 01501-030, República Federativa do Brasil

Image

Almoço de encomenda – Fiz Hoje!

MissQüi

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.